Programa de Proteção Respiratória-PPR

O que é o Programa de Proteção Respiratória-PPR?

O Programa de Proteção Respiratória-PPR é um programa que visa a prevenção da saúde respiratória dos funcionários diante de atividades laborais em ambientes com a presença e aerodispersoides.

O Programa de Proteção Respiratória – PPR é um programa criado no âmbito da Saúde Ocupacional que visa a prevenção da saúde respiratória dos funcionários em ambientes com a presença e aerodispersoides. 

Os aerodispersoides são misturas de substâncias sólidas ou líquidas com o ar que respiramos, como por exemplo, a poeira, vapores tóxicos ou elementos químicos.

Obrigatoriedade: O Programa de Proteção Respiratória foi criado pela Instrução Normativa nº 1, de 11 de abril de 1994, do Ministério do Trabalho e Emprego e é obrigação da empresa que tenha trabalhadores em ambientes com aerodispersóides e que possam causar prejuízo para a saúde do funcionário.

Quais os benefícios do  PPR?

1- Preservação da saúde do trabalhador – O principal beneficio da implementação do PPR é evitar que haja problemas respiratórios provocas pelo ambiente ocupacional, estabelecendo  medidas coletivas preventivas eficazes para minimizar e/ou neutralizar a contaminação no local de trabalho.

2- Melhoria da produtividade – Um funcionário saudável e confiante nos processos de segurança da empresa é mais produtivo.

3- Redução do Custo de Despesas Médicas – Problemas de saúde ligados a questão respiratória é uma das fontes de absenteísmo e de despesas médicas.

4- Evitar ações trabalhistas –  Adequar a empresa às exigências legais, um programa de Conservação Respiratória bem implementado reduz ações trabalhistas relacionadas a distúrbios auditivos.

Como fazemos a implementação?

A implementação  do  Programa de Proteção Respiratória – PPR requer uma análise detalhada da realidade social e o ambiente de trabalho.

Feita a análise, nossa equipe desenvolverá ações para a proteção individual e coletiva, tais como:

a) política da empresa na área de proteção respiratória;

b) abrangência;

c) indicação do administrador do programa;

d) regras e responsabilidades dos principais atores envolvidos;

e) avaliação dos riscos respiratórios;

f) seleção do respirador; PPR-0306.indd 18 06/06/2016.

g) avaliação das condições físicas, psicológicas e médicas dos usuários;

h) treinamento;

i) ensaio de vedação;

j) uso do respirador e política da barba;

k) manutenção, inspeção, limpeza e higienização dos respiradores;

l) guarda e estocagem;

m) uso de respirador para fuga, emergências e resgates;

n) qualidade do ar/gás respirável;

o) revisão do programa;

p) arquivamento de registros.

Quer mais informações? Preencha o formulário e solicite um contato: